Sábado, 6 de junho de 2020

Vídeos / Matérias

Cinegrafista da TV Globo é agredido e tem mão fraturada em Minas Gerais

20 Mai 2020 - 19:26 - Duração: 00:01:27

O cinegrafista de uma afiliada da TV Globo em Minas Gerais, Robson Panzera, foi agredido fisicamente enquanto gravava uma reportagem sobre militares com Covid-19 na tarde desta quarta-feira (20), em Barbacena (MG). Thaís Fullin, a repórter que o acompanhava, gravou parte das agressões.

De acordo com o registro policial, o empresário Leonardo Rivelli se aproximou dentro do carro, gravando com um celular e proferindo ofensas, como "globo lixo", entre outros palavrões. O agressor tomou o tripé de Robson, usando o objeto para agredi-lo.

O profissional, que teve sua mão fraturada, relatou aos policiais que apenas alertou Leonardo sobre o perigo de dirigir e usar o celular ao mesmo tempo. Foi quando o rapaz saiu do carro e continuou a fazer xingamentos e iniciando a agressão. Para se defender, o cinegrafista deu um soco no comerciante. Antes de ir embora, o agressor ainda chuta a câmera no chão.

Em seguida, Rivelli foi preso em flagrante pela polícia. "Depois ele passou de carro novamente pelo local e o indicamos para os policiais. Ele foi detido e tentou justificar as agressões, dizendo: 'Agredi mesmo'", contou o repórter cinematográfico.

Robson foi encaminhado ao Hospital Regional de Barbacena, recebendo atendimento  médico depois de ter uma luxação na mão devido aos ataques.


 

Enquete

Qual o seu posicionamento em relação ao lockdown (isolamento total)?

Você deve selecionar uma opção
veja todas as perguntas
 
Sitevip Internet