Domingo, 7 de junho de 2020

Notícias / Business

Com cancelamentos de festas e eventos, empresários amargam prejuízo

Os profissionais do ramo de eventos tiveram que se adaptar a uma nova rotina diante da pandemia

21 Mai 2020 - 16:30

Redação 19 News

Com cancelamentos de festas e eventos, empresários amargam prejuízo

Foto: Reprodução/Pexels

Com o mercado de eventos e marketing promocional parado desde o início da pandemia do coronavírus no Brasil, o setor vem amargando prejuízos devido o cancelamento de casamentos, festas de aniversários, shows e demais eventos. Diante disso, a rotina dos profissionais da área foi diretamente afetada, já que quem estaria recebendo clientes em espaços destinados às festas, agora precisa se preocupar em reagendar as datas, para evitar um prejuízo muito grande nos próximos dias.

O segmento movimenta mais de 4% do PIB brasileiro, sendo responsável por empregar milhares de famílias. Para minimizar os impactos da crise causada pela Covid-19, empresários estão tentando buscar soluções para sobreviver a este momento e se preparando para quando retomarem os negócios.

Marcio Freitas, que trabalha em uma empresa de Cuiabá que atua com eventos em todo o Centro-Oeste, contou ao 19 News que o prejuízo tem sido grande. “Neste momento todos nossos eventos programados foram cancelados ou suspensos, apenas 2 tem novas datas para acontecer, os demais estamos aguardando a movimentação do mercado. Tivemos aproximadamente 12 eventos cancelados/supensos, um prejuízo de mais de R$120.000,00”, lamentou.

Mesmo diante da situação difícil, Freitas acredita que a partir do mês que vem os negócios podem apresentar uma leve melhora. “Nossa perspectiva é de que em junho e julho as atividades voltem gradativamente, mas com pequenos trabalhos ainda”, pontuou. 

No final de março, a Associação de Compositores Músicos e Produtores (ACMP) iniciou uma campanha de arrecadação de doações para aquisição de kits básicos de alimentação e higiene direcionadas aos profissionais que vivem exclusivamente da música em Mato Grosso. O objetivo é suprir necessidades básicas dos músicos nesse momento de pandemia.

Em Cuiabá, cerca de 50 empresários dos ramos de bares e restaurantes, além de outros segmentos, realizaram um protesto em frente à Prefeitura Municipal na última segunda-feira (18), solicitando a liberação de suas atividades.

Em entrevista ao Conexão Poder, o prefeito Emanuel Pinheiro comunicou que será decidido, até esta sexta-feira (22), sobre o funcionamento de bares, restaurantes, shoppings e academias da cidade. 

Saiba mais:Prefeito decide nesta semana se libera funcionamento de bares e shoppings em Cuiabá - vídeo

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual o seu posicionamento em relação ao lockdown (isolamento total)?

Você deve selecionar uma opção
veja todas as perguntas
 
Sitevip Internet