Quarta-feira, 13 de novembro de 2019
informe o texto

Notícias / Polícia

Hóspedes são presos por matar proprietário de hotel a tiros

Um dos detidos já é investigado por tráfico de droga e organização criminosa.

14 Out 2019 - 22:49

https://www.leiagora.com.br

Dois homens suspeitos da morte de José Rufino de Freitas Filho, 45 anos, conhecido em Juína, como “Zé Garimpeiro” foram presos nesse final de semana na cidade. O crime ocorreu na tarde de sábado (12), no bairro Palmiteira, em um estabelecimento comercial, quando a vítima foi alvejada com disparos de arma de fogo.

Em diligências durante a noite de sábado, após denúncias apontando o paradeiro de um dos suspeitos pelo crime, equipes lideradas pelo delegado Marco Remuzzi conseguiram localizar P.L.P.S., 18 anos, no bairro Módulo 4. O outro suspeito, A.F.O.F., 20 anos, foi preso no início da manhã de domingo, no bairro Módulo 5.

Ambos são apontados como responsáveis pelo crime, sendo inclusive citados por uma testemunha que informou que os dois rapazes estavam hospedados no hotel da vítima e que no dia do crime ouviu quatro disparos de arma de fogo. A testemunha disse ainda que os suspeitos teriam utilizado uma motocicleta CG Titan, de cor roxa na fuga.

Os policiais abordaram duas pessoas que estavam em uma motocicleta, que tentaram fugir ao perceber a presença da polícia e descartar um pacote com substância análoga à cocaína. Durante a detenção de P.L, a equipe da Polícia Civil também apreendeu porções de entorpecentes, além de diversos materiais para embalar drogas, encontradas em uma casa próxima ao local onde o suspeito foi preso.

Duas pessoas que estavam no local foram detidas, uma delas já investigada por tráfico de droga e organização criminosa.

O suspeito P.L., conhecido como 'Nego Drama' alegou aos policiais que teria envolvimento no homicídio, porém, disse que apenas pilotou a motocicleta usada no crime, e se contradisse em vários momentos quanto à responsabilidade na ação criminosa.

Já o outro suspeito da morte, AF.O.F, foi preso após diligências realizadas na madrugada no bairro Módulo 5. Policiais aguardaram o momento até que o suspeito saiu de uma residência, por volta das 6 horas, para prendê-lo.

O delegado Marco Remuzzi informou que as buscas continuam para localizar a arma utilizada no crime, assim como a real motivação. “Conseguimos com todo o empenho da equipe, alguns policiais mesmo em período de folga que colaboraram para que pudéssemos localizar e prender os suspeitos dentro de 24 horas da ação criminosa”.

A Polícia Civil aguardará o laudo de necropsia que apontará o número de ferimentos na vítima.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet